Consultoria e Laudos Periciais

LAUDO DE INSPEÇÃO PREDIAL

A Inspeção Predial é a análise isolada ou combinada das condições técnicas de uso e manutenção da edificação. Na prática, é uma avaliação com o objetivo de identificar o estado geral da edificação e de seus sistemas e componentes construtivos com os dados colhidos durante a vistoria predial.

São observados os aspectos de desempenho, funcionalidade, vida útil, segurança, estado de conservação, manutenção, utilização e operação.

Para que serve o Laudo de Inspeção Predial?
O Laudo de Inspeção Predial traz uma série de vantagens. Com ele o síndico poderá obter uma visão ampla e detalhada do estado de conservação e manutenção da edificação, conhecendo os pontos críticos a serem corrigidos. Traz a lista de prioridades técnicas e visa auxiliar a gestão predial.

Dentre as aplicabilidades da inspeção e suas vantagens, destacam-se:
• Auxilia na revisão de manuais de síndicos e proprietários, quando contratada na época da assistência técnica da construtora, a fim de subsidiá-la;
• Preserva a garantia da construção quando aliada ao manual do síndico e proprietários para melhor orientar o condomínio na boa prática das atividades de manutenção já recomendadas pela construtora;
• Verifica o estado de conservação da edificação, além de informar as condições gerais da edificação, podendo ser utilizado em avaliações de imóveis, além de estudos de valorização e modernização;
• Dá subsídios técnicos e o “estado real” da edificação para estudos preliminares para retrofit;
• Auxilia em transações imobiliárias (compra e venda de imóveis e locação), informando o estado de conservação e alertando para eventuais necessidades de reparos importantes;
• Auxilia na gestão condominial (síndico e administradora), quando elaborada dentro de uma periodicidade, a fim de atestar e verificar a evolução do estado de conservação do imóvel, além de auxiliar a boa manutenção;
• Reduz o prêmio de seguro, pois atesta o estado de conservação e manutenção do imóvel.

LAUDO TÉCNICO DE ENGENHARIA

O Laudo Técnico de Engenharia é uma avaliação de um ou mais sistemas e componentes construtivos que estejam interligados à causa geradora de uma patologia construtiva especifica, durante a vida útil de uma edificação os sistemas construtivos apresentam problemas, seja por falhas construtivas, seja por falta ou falha na manutenção preventiva. Diante destes acontecimentos há a insatisfação do usuário, bem como a deterioração dos componentes que compõe a edificação, causando a desvalorização do bem patrimonial e gerando prejuízos a saúde e segurança dos usuários.

Para que serve o Laudo Técnico de Engenharia?
O laudo técnico de engenharia tem como principal objetivo detectar as possíveis causas que geraram as anomalias construtivas existentes e a partir destas estabelecer diretrizes técnicas, que são embasadas nas normas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, leis estaduais, municipais e boas práticas construtivas, que estabelecem as metodologias a serem aplicadas para corrigir o problema ocorrido.

LAUDO DE VIZINHANÇA

O Laudo de Vizinhança ou Laudo Cautelar de Vizinhança, é o documento legal que visa evitar ações judiciais em casos de danos causados por uma obra em imóveis localizados em seu entorno. A partir de uma inspeção realizada nos imóveis localizados na área de abrangência de um canteiro de obra, é feito um registro fotográfico e escrito do padrão construtivo, tipologia, idade estimada, estado de conservação e de eventuais anomalias e falhas existentes nos sistemas construtivos dessas edificações.

Para que serve o Laudo de Vizinhança?
O Laudo de Vizinhança fornece informações técnicas que possam auxiliar na definição de procedimentos construtivos e na execução de serviços preliminares à obra. Durante a vistoria da vizinhança são registradas as anomalias e falhas construtivas existentes nos imóveis localizados na área de abrangência do canteiro de obras, mitigando possíveis ações jurídicas durante ou após a construção.

LAUDO DE GARANTIA

O Laudo de Garantia é uma avaliação multidisciplinar que tem o objetivo de identificar o estado geral da edificação e de seus sistemas construtivos. Nele são apontadas as anomalias construtivas que se manifestam na edificação no decorrer do prazo de garantia, conforme estabelece o SINDUSCON – Sindicato da Indústria da Construção.

Para que serve o laudo de garantia?
Após o recebimento do imóvel é possível que ocorra o surgimento de trincas, fissuras, vazamentos, oxidação de componentes metálicos, infiltrações, afundamento de pisos assentados diretamente sobre o solo, mau funcionamento de sistemas e componentes da edificação e etc…

Diante das anomalias que se manifestam, o Laudo de Garantia do imóvel apontará quais destas são de incumbência do construtor e quais são do próprio condomínio. Com o laudo de garantia em mãos o gestor do condomínio poderá acionar o construtor para que o mesmo realize os devidos reparos, bem como poderá realizar a contratação de mão de obra e compra de materiais para que as anomalias construtivas provenientes de falhas de uso, de ocupação e/ou de manutenção, sejam reparadas.

Os apontamentos realizados no Laudo de Garantia do Imóvel são embasados em diversas normas técnicas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, no manual do síndico, nos projetos do empreendimento, nas boas práticas construtivas e nas característica dos materiais empregados. Todas as anomalias (endógena, exógena, natural, funcional) , falhas (de planejamento, de execução, operacionais e gerenciais) e não conformidades, serão enumeradas e classificadas quanto ao seu grau de criticidade.

LAUDO RECEBIMENTO DE OBRA

O objetivo do Laudo de Recebimento de Obra é apontar possíveis falhas construtivas e não conformidades com projetos, memoriais descritivos e contratos, para o recebimento do empreendimento.
Atualmente os construtores edificam torres residenciais e comerciais num período de 01 (um) ou 02 (dois) anos, entretanto, o processo construtivo acelerado somado à falta de fiscalização e à mão de obra desqualificada geram graves consequências.

É comum o construtor entregar empreendimentos onde alguns ou vários sistemas e componentes construtivos estejam em desacordo com as normas técnicas vigentes, leis estaduais e municipais. Na grande maioria das vezes essas não conformidades passam despercebidas pelos administradores e gestores de condomínio, fazendo com que o construtor se isente de tais responsabilidades após alguns anos de uso, ocupação e manutenção das áreas comuns e privativas do condomínio.

Para que serve o Laudo de Recebimento de Obra?
Visando se resguardar de responsabilidades, bem como solicitar o que é de direito, o condomínio realiza a contratação do Laudo de Recebimento de Obra.

A elaboração do trabalho se inicia com vistorias técnicas às áreas comuns da edificação, onde são registradas todas as não conformidades através de fotos. Posteriormente os projetos, memoriais e licenças são analisados, afim de se detectar se houve alguma divergência ou pendencia quanto aos itens entregues pelo construtor. Após receber o laudo elaborado, devidamente assinado e registrado, o condomínio o apresenta ao construtor que por sua vez deverá realizar as devidas ações corretivas.

LAUDO DE ENTREGA DE OBRA

Na fase final da obra o construtor realiza a contratação do Laudo de Entrega de Obra, que deve ser realizado em duas etapas. Na primeira etapa é feito um Check List de Entrega de Obra, onde são registrados todos os itens que se encontram em desacordo com as normas técnicas vigentes, leis municipais e estaduais.

Após a constatação de todas as não conformidades o construtor realiza as correções dentro de um prazo pré-determinado. Uma vez sanadas todas as não conformidades o construtor solicita nova vistoria, sendo esta a segunda etapa. Na ocasião é realizada a constatação da conformidade de todos os sistemas e componentes construtivos da edificação através de registro fotográfico.

Para que serve o Laudo de Entrega de Obra?
Após a entrega da obra é comum o condomínio realizar manutenções, inserções de sistemas de segurança, automação ou até mesmo a reforma de determinadas áreas.

Durante esta etapa vários condôminos e prestadores de serviços circulam nas áreas internas da edificação, causando danos aos sistemas e componentes, e em alguns casos até mesmo furtando equipamentos e objetos. Visando se isentar destas e de outras responsabilidades que na ocasião não são de sua respectiva incumbência o construtor entrega para o condomínio o Laudo de Entrega de Obra devidamente registrado e assinado, no qual consta o registro fotográfico da integridade e conformidade da edificação no ato de sua entrega.